Romances

Quarto Crescente de Mário Ventura

10.00

CONTACTE-NOS










    Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório

    Mário Ventura é autor de uma vasta obra literária. Publicou o primeiro livro, A Noite da Vergonha, em 1963, seguido de À Sombra das Árvores Mortas (1966) e de O Despojo dos Insensatos (1968). Reuniu em dois livros narrativas sobre várias regiões do país: Alentejo Desencantado (1969) e Morrer em Portugal (1976).
    Regressou ao romance em 1979, com Outro Tempo Outra Cidade, seguindo-se o seu livro mais aplaudido pelo público e pela crítica, Vida e Morte dos Santiagos (1985), premiado pelo Pen Clube e pelo Município de Lisboa. A sua obra mais polémica, Março Desavindo, aparece em 1987, seguindo-se-lhe o romance Évora e os Dias da Guerra (1992), com o qual obteve, pela segunda vez, o Prémio Pen Clube Português.
    A Notícias iniciou a publicação das suas obras com o romance A Revolta dos Herdeiros (1997). Posteriormente, editou Quarto Crescente, um livro de memórias, o álbum Portugal – Geografia do Fatalismo, Atravessando o Deserto e, em 2005, O Reino Encantado.
    Partilhe
    Categorias: , ,