Romances

QUARENTENA Jim Crace

8.00

CONTACTE-NOS










    Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório

    Judeia, há cerca de dois mil anos. Eram cinco — caminhavam não em grupo, mas em fila ao longo da estrada por onde, naquela manhã, a caravana dos tios tinha passado. Três homens, uma mulher e, demasiado longe para poder ser identificado, um quinto. E este quinto viajante caminhava descalço e sem bordão. Não tinha odre de água, nem saco com roupas. Nem comida. Uma figura lenta e esforçada, tornada magra e difusa pelo calor do deserto. Era como se alguém tivesse atirado uma pedra ao lago do ar através do qual a figura caminhava e a ondulação a tivesse diluído.
    Traduzidos para catorze línguas, os anteriores romances de Jim Crace foram distinguidos com os prémios Whitbread First Novel, E. M. Forster, Guardian Fiction e GAP International. Quarentena integrou a lista de nomeados para o Booker Prize de 1997. O escritor vive em Birmingham com a mulher e os dois filhos.

    Partilhe
    Categoria: