Classicos

O Sítio da Mulher Morta de Manuel Teixeira-Gomes

6.00

CONTACTE-NOS










    Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório

    Uma mulher. Dois homens. Em torno da personagem feminina, abre-se uma rivalidade surda: de um lado a força da violência, do outro a perversidade de uma dupla sedução. A complexidade deste conflito de sentimentos e de emoções, em que o bem e o mal se confundem, e se subvertem moralismos tradicionais, esconde-se por detrás de uma narrativa aparentemente simples, que contidamente vai avolumando a expectativa até ao impressivo e cinético final. Mais de meio século depois, esta história de desejo e traição, de paixão e morte, guarda toda a sua beleza singular.
    As Novelas Eróticas são publicadas pela primeira vez em 1935, numa edição muito reduzida, fora do mercado, de apenas 300 exemplares para distribuir por amigos. Uma segunda edição, datada de 1961, encontra-se há muito esgotada, não sendo mesmo comum em alfarrabistas. O Sítio da Mulher Morta, uma das mais notáveis narrativas de Teixeira-Gomes, vê assim agora a luz pela terceira vez.

    Partilhe
    Categorias: , ,