Corpo Presente de Anne Enright

14.00

Descrição

Prémio Man Booker 2007

Anne Enright é considerada actualmente uma das vozes irlandesas mais singulares, ombreando com os melhores romancistas contemporâneos.
Ao reconstituir o fio de uma traição e redenção através das gerações, este livro mostra como as recordações se transfiguram e os segredos inquinam. Com uma inteligência notável, Anne Enright dá-nos uma perspectiva nova e inesquecível do mundo

CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Lembranças de um acontecimento marcante, no passado, assombram Verónica, que tem “flashes” reais e imaginários violentos, associados a um episódio de abuso sexual. Existe uma agressividade, crueza e originalidade na história e no modo como esta nos é contada que se tornam comoventes, misturadas com a ironia com que narradora fala dos seus oito irmãos, nenhum deles “vulgar”. O afecto transforma-se em raiva e esta em afectos em segundos.»
Teresa D’Ornellas

«Um romance admirável.»
Times Literary Supplement

«Extremamente comovente, agarra-nos e abana-nos. Compulsivo, ousado, conciso e dilacerante. Veronica Hegarty é a criação mais espantosa de Anne Enright, tão perfeitamente tornada real que as palavras se fundem em imagens e estados de espírito.»
The Scotsman

«Este romance é o produto de uma inteligência notável.»
The Guardian

«Uma reflexão poética sobre a memória e os laços que unem três gerações de uma família irlandesa. Onírica, sábia. […] Anne Enright é única.»
Kirkus Reviews



Produtos exclusivos

Categoria especial de produtos